Blog

Tendência de Alimentos: O que estará em alta no mercado em 2021?
| Notícias

Tendência de Alimentos: O que estará em alta no mercado em 2021?

Considerando as incertezas causadas pela pandemia e os impactos gerados não apenas em questões relacionadas à saúde, mas também ao nosso dia a dia, o mercado alimentício já indica novos rumos para 2021. Assim como foi ao longo de 2020, a segurança com a saúde seguirá sendo um dos tópicos de maior relevância na pauta do mundo inteiro e quando falamos sobre tendência de alimentos isso não é diferente, uma vez que o consumidor está cada vez mais atento a questões relacionadas à saúde do corpo e da mente e entende o papel fundamental da alimentação neste contexto. Com isso, pode ser percebida uma grande onda de conscientização tomando força, na qual os alimentos passam a ser escolhidos não só pelo sabor, mas também por outras características que fazem a diferença para o consumidor, desde a escolha de ingredientes, embalagens, métodos de conservação e até mesmo pelos impactos que podem gerar ao meio ambiente.

Essa onda de conscientização exige que os estabelecimentos estejam preparados para se adaptar, podendo rever a forma de se posicionar no mercado, atender seus clientes ou até mesmo suas receitas e métodos de produção. Pensando nisso, a Skymsen preparou este conteúdo, trazendo um panorama do mercado e respondendo algumas perguntas para ajudar o seu negócio a aproveitar da melhor forma as tendências de alimentos neste ano que está começando. Confira.

O que as pessoas estão buscando?

Como dissemos antes, é inevitável falar sobre saúde mental nos dias de hoje. Com o isolamento social e os casos de estresse e ansiedade, as pessoas foram percebendo a importância de uma mudança de hábitos para manter o bem-estar, incluindo na alimentação. Os consumidores passaram a se alimentar de forma mais saudável, optando por um estilo de vida mais leve e sustentável, priorizando também o aumento da imunidade.

A origem dos produtos e transparência ganham importância

quais as tendências do mercado alimentício

Como tendência de alimentos neste ano, a origem do produto e a transparência do processo de produção passam a ser essenciais. Segundo o relatório anual da Innova Market Insights, especialista em pesquisa de mercado, estes são os dois principais tópicos que terão a atenção de quem consome.

Métodos de conservação também são uma tendência de alimentos

Em 2021 a conservação de alimentos e a higiene com o manuseio dos ingredientes serão, mais do que nunca, prioridades em qualquer rede de supermercados, como também em panificadoras e restaurantes. Se antes da pandemia as pessoas já se preocupavam com a forma em que o seu pedido era preparado, agora a atenção passa a ser redobrada.

O consumidor quer ter a certeza de que o estabelecimento se preocupa com cada detalhe na hora de atendê-lo e no preparo dos alimentos com o máximo de segurança alimentar.

A praticidade no atendimento e o delivery seguem em alta

Além de higiene, o estabelecimento que oferece maior praticidade na forma de atender seus clientes no dia a dia pode sair na frente da concorrência. Muitos consumidores preferem alta disponibilidade de produtos e rapidez no momento da compra, assim, tendências como o grab and go, o famoso “pegue e leve”, seguem em alta para 2021, proporcionando um atendimento sem filas ou demoras.

Esse conceito cativa principalmente pela agilidade e pode ser um bom investimento para o seu negócio. Já o delivery, um tipo de atendimento que se fortaleceu muito em 2020, é uma tendência que também seguirá forte em 2021, um crescimento motivado tanto pelos efeitos da pandemia, quanto pelo grande crescimento dos aplicativos de delivery.

Quais alimentos terão destaque?

O movimento por mais saúde e equilíbrio no dia a dia também indica que alguns alimentos terão maior procura do consumidor. Nesse sentido, ingredientes que aumentam a imunidade, ajudam a reduzir o risco de doenças e promovem o bom funcionamento do organismo terão destaque. Alimentos com alto teor de fibras, proteínas, versões integrais, fortificados com cálcio e vitaminas são alguns deles.

Os produtos naturais e a alimentação à base de vegetais também tendem a expandir. Com um papel importante na regulação do humor e na redução do estresse, cada vez mais plantas e alimentos de origem não animal estão chegando no prato do brasileiro. Para se ter uma ideia, só em 2020 as buscas por veganismo no Google subiram 47% em relação ao ano anterior.

Como seu estabelecimento pode aproveitar a essa tendência do mercado de alimentos?

Para seguir atendendo seus clientes com o máximo de atenção, ou para investir em um novo negócio já preparado para atender esses novos hábitos de consumo, este pode ser um bom momento para rever alguns processos ou então em novas maneiras de conquistar o seu cliente.

Nas questões de apresentação e segurança alimentar, rever as embalagens ou mesmo adquirir equipamentos que garantem a esterilização dos alimentos pode fazer a diferença. Na tendência do delivery e da praticidade, investir em uma dark kitchen, que é um estabelecimento sem atendimento presencial, com estrutura focada apenas para entregas, pode ser uma excelente ideia, reduzindo custos com um amplo alcance de público e possibilitando uma rápida expansão.

Agora que você já conhece algumas das principais tendências de alimentos para 2021, é hora de planejar a melhor forma de aproveitá-las em seu estabelecimento ou então em seu novo investimento no mercado de food service.

 Acesse a loja Skymsen e conte com os melhores equipamentos para cozinhas comerciais.

Compartilhe

Artigos Relacionados

Comfort food: Como conquistar os clientes pelo coração?
| Notícias

Comfort food: Como conquistar os clientes pelo coração?

A gastronomia passa por mudanças ao longo do tempo, adaptando-se aquilo que conversa diretamente com seus consumidores e a cultura da...

O que é contaminação Cruzada por Glúten?
| Notícias

O que é contaminação Cruzada por Glúten?

As refeições junto com amigos e familiares é algo bastante comum em diversas culturas e gerações, as refeições representam a...