Blog

Fermento Natural x Biológico: Quais as diferenças e vantagens para sua padaria?
| Curiosidades

Fermento Natural x Biológico: Quais as diferenças e vantagens para sua padaria?

Utilizado para fermentar massas, o fermento tem a finalidade de deixá-las mais leves, volumosas e macias. Comumente usado na fabricação de pães e bolos, ele provoca um processo bioquímico e alcoólico enquanto a massa descansa, com a ausência de oxigênio.

 

Existem diferentes tipos de fermento, com características e usos específicos, nesse conteúdo iremos abordar sobre o fermento natural e o fermento biológico, como prepará-los e usá-los na fabricação de pães. Assim, não restará dúvidas na hora de preparar um delicioso pão para seus clientes.

O que é fermento natural?

O fermento natural ficou mais famoso nos últimos anos, e utiliza microorganismos presentes na farinha e no ar. Por ser um processo natural, ele pode levar horas ou dias para completar o processo de fermentação da massa. Esse longo processo garante alguns benefícios, como um menor índice glicêmico, o que garante mais tempo de saciedade, e a presença de lactobacilos, que auxiliam na digestão.

Como preparar fermento natural?

O fermento natural é fácil de fazer e necessita apenas de dois ingredientes: farinha e água. Com um processo longo, que leva cinco dias, é preciso juntar uma colher de sopa de farinha e duas de água filtrada, em um pote de vidro limpo e com tampa. Ao longo dos cinco dias o processo é repetido, juntando a mesma quantidade dos ingredientes.

 

Essa preparação dura por anos, desde que alimentada da maneira correta. Para tanto é preciso que, cerca de uma ou duas vezes na semana, seja retirada uma colher de sopa do fermento e acrescentada uma medida de farinha e uma de água.

Como fazer pão de fermentação natural?

Ingredientes:

  • 500g de farinha de trigo;
  • 300ml de água morna;
  • 10g de sal;
  • 150g de fermento natural de farinha branca.

Modo de fazer:

Misture a farinha de trigo e a água morna em um tigela e reserve por cerca de 20 minutos. Em seguida, acrescente o sal e o fermento natural e misture até formar uma massa uniforme. Sove a massa e cubra com um pano umedecido por cerca de 4 horas ou até dobrar de tamanho. Aperte para liberar o ar e modele em formato de bola.

Polvilhe farinha, cubra com um pano de prato, e deixe descansar por cerca de 2 horas. Em seguida leve para a geladeira por 6 a 12 horas. Coloque para assar por cerca de 30 a 40 minutos, a 210 C.

O que é fermento biológico?

Por sua vez, o fermento biológico é também composto por microorganismos e seu uso é instantâneo. Para ser ativado ele precisa estar em contato com água e farinha e fermenta a massa em apenas algumas horas fora do forno, além disso ele é muito utilizado para receitas com preparo mais rápido, como pães e roscas.

Como preparar fermento biológico?

O fermento biológico tem preparo industrial, sendo preciso apenas colocá-lo em contato com a receita para ativar sua fermentação. Pode ser encontrado seco ou fresco e possui a levedura responsável pelo crescimento das massas de forma concentrada, o que permite a rapidez no preparo das receitas.

 

Fermento natural X Fermento Biológico

Veja as principais diferenças entre os dois tipos de fermentos:

Fermento natural:

  • Saccharomyces Cerevisiae;
  • Longa fermentação;
  • Casca grossa;
  • Duração maior;
  • Presença de lactobacilos;
  • Textura mais crocante;
  • Auxilia na digestão do glúten;
  • Alvéolos maiores.

Fermento biológico:

  • Saccharomyces Cerevisiae;
  • Curta fermentação;
  • Casca suave;
  • Duração convencional;
  • Textura mais suave;
  • Alvéolos menores.

Bom, agora que você já sabe a diferença entre os fermentos, basta escolher o que mais se adequa a sua produção e a seus produtos e mãos à obra!

Compartilhe

Artigos Relacionados

Equipamentos para bar: Saiba quais os essenciais para montar seu negócio!
| Curiosidades

Equipamentos para bar: Saiba quais os essenciais para montar seu negócio!

Mais do que um bom atendimento ou uma boa localização, contar com equipamentos para bares de qualidade, também são essenciais para...

Como reaproveitar o óleo usado?
| Curiosidades

Como reaproveitar o óleo usado?

Saiba como prolongar a vida útil do óleo de cozinha e quais os cuidados ao descartar.   Se tem uma coisa que você deve utilizar...