Blog

Manual de boas práticas para manipulação e conservação de alimentos
| Curiosidades

Manual de boas práticas para manipulação e conservação de alimentos

Manual de boas práticas para manipulação e conservação de alimentos

A atenção com a higiene e os cuidados ao manipular equipamentos e produtos alimentícios tornaram-se pontos de maior preocupação de todos. Para quem trabalha diretamente no ramo de preparação de alimentos, esses aspectos são ainda mais importantes, até mesmo para cumprir corretamente as exigências legais. Que tal, então, conhecer um pouco mais sobre as melhores práticas na hora de manipular e conservar os alimentos?

 

Para entender melhor sobre a conservação e manipulação de alimentos, precisamos entender os fatores que devemos levar em consideração. Primeiro, é importante saber que a figura do manipulador do alimento é central nesse processo de cuidados. Sem as práticas certas, pode ocorrer a contaminação, que é a presença de microorganismos indesejados nos alimentos e equipamentos. Essa contaminação pode ocorrer de forma direta ou indireta, por isso é importante conhecer bem a melhor forma de manusear e conservar os alimentos. Vamos lá!

 

O que são boas práticas de manipulação de alimentos?

 

As boas práticas de manipulação são hábitos de higiene que devem ser seguidos por todos os envolvidos no processo de produção de um alimento. Isso quer dizer que tudo começa na escolha dos ingredientes e produtos, passando pelo modo de preparo, higienização dos utensílios e equipamentos, até a venda para o consumidor.

 

A execução de boas práticas de manipulação evita que os alimentos sejam contaminados e possam provocar doenças. As boas práticas, portanto, passam não só pela higienização dos próprios alimentos e equipamentos, mas também nos cuidados de higiene da equipe que atua direta e indiretamente no preparo.

 

Como fazer a manipulação de alimentos?

 

A boa manipulação de alimentos começa com a higiene pessoal. É importante manter cuidados e hábitos que garantam a limpeza e diminuam o risco de alguma contaminação. Veja algumas dicas em relação aos cuidados pessoais:

 

  • Mantenha os cabelos presos e protegidos;
  • Use desodorante sem perfume;
  • Use sapatos fechados e limpos;
  • Retire acessórios como relógios, pulseiras, brincos e anéis;
  • Lave as mãos constantemente, sempre que trocar de atividade;
  • Luvas de borracha devem ser usadas apenas para manusear produtos de limpeza;
  • Luvas descartáveis devem ser usadas na distribuição dos alimentos ou quando não for possível lavar as mãos;

Segurança alimentar: cuidados redobrados

 

Com a higiene pessoal em dia, o próximo passo importante é a manipulação de alimentos da forma correta. Como já dissemos, essa etapa começa já na escolha dos produtos. Procure comprar de locais que mantenham cuidados adequados com a limpeza do local e, se não for possível, procure conhecer as boas práticas do fornecedor.

 

Feito isso, mantenha espaços adequados de conservação dos alimentos, mantendo as indicações de temperatura e outros aspectos do ambiente para preservar os produtos até a hora do preparo. Confira outras dicas importantes na hora da manipulação de alimentos:

 

  • Higienize também as embalagens dos alimentos antes de abrí-las;
  • Lave as mãos antes e depois de manipular o alimento;
  • Se for possível, dê preferência para a manipulação dos alimentos com utensílios limpos e adequados;
  • Frutas, verduras e legumes devem ser higienizados em uma solução clorada (1 colher de sopa de água sanitária para 1 litro de água), deixando de molho por 15 minutos e enxaguando com água corrente após esse tempo;
  • Os alimentos cozidos devem atingir uma temperatura acima de 70°C para eliminar todos os microorganismos;

Cuidados para conservar e servir

 

A conservação de alimentos é outro ponto importante para evitar problemas e contaminações. Se o produto não for servido na hora, o primeiro passo é escolher um vasilhame com boa vedação e indicar o nome, data de produção e validade na embalagem. Se o alimento for congelado, ele só deve ser descongelado na hora do preparo final, não podendo voltar ao congelamento.

No caso de deixar o alimento em exposição, reserve estufas, bufês e geladeiras adequadamente reguladas para cada produto. O ideal é que os alimentos quentes mantenham-se acima de 60°C e os frios abaixo de 5°C. Além disso, todos aqueles cuidados de higiene pessoal devem ser seguidos com máximo cuidado pelo profissional responsável por servir os clientes.

Em todas essas etapas de preparo, o uso de equipamentos produzidos com materiais de fácil limpeza e higiênicos vão ajudar na manipulação e conservação de alimentos. A Skymsen é especialista em trazer designs de produtos que ajudam na hora da limpeza, evitando acúmulo de sujeira e chance de contaminação. Conheça essas características dos nossos equipamentos na Loja Skymsen

Compartilhe

Artigos Relacionados

Alimento hiperpalatável: por que é tão irresistível?
| Curiosidades

Alimento hiperpalatável: por que é tão irresistível?

Você já se perguntou por que muitos de seus clientes preferem certos tipos de alimentos mais que outros? Isso acontece porque eles estão...

Batedeira Planetária: Conheça as vantagens de contar com uma em sua confeitaria.
| Curiosidades

Batedeira Planetária: Conheça as vantagens de contar com uma em sua confeitaria.

Se você tem uma confeitaria, precisa saber as vantagens de ter uma batedeira planetária em seu estabelecimento. Sucesso absoluto entre as...